Reserva Ecológica

Os proprietários mantiveram, ao longo dos últimos 80 anos, uma reserva florestal que hoje, com 2.200 hectares de matas primárias, é considerada a maior reserva particular de mata atlântica de planalto do Brasil.

Essa Floresta é amplamente conhecida nos meios científicos, tanto no Brasil como no exterior, pela riquíssima biodiversidade. Muitos cientistas e pesquisadores lá desenvolveram teses universitárias, pesquisas e inúmeros trabalhos científicos.

A reserva florestal abriga uma fauna rica e variada, muito próxima da originalmente existente na região. Entre mamíferos e aves, 15 espécies encontradas lá estão listadas na última portaria do IBAMA que trata da Lista oficial de espécies da Fauna Brasileira Ameaçadas de Extinção.

O exemplo mais notável é o mono-carvoeiro ou muriqui, o maior macaco das Américas, altamente ameaçado, e que é facilmente visto por quem percorre as trilhas da mata.